Um Povo Subterrâneo

Eles vêm não se sabe de onde. Após as oito da noite, vão aparecendo aos poucos e em duas horas aproximadamente, tomam inteiramente o pátio externo do antigo prédio das secretarias, onde funciona boa parte do Fórum de Niterói. A grande curiosidade, não está no fato da existência deste numeroso “povo de rua”, pois reconhecemos a nossa dificuldade, inclusive de acolhimento apropriado. O que parece ser, é que se trata de um contingente de pedintes, sem teto, drogados e ambulantes de outros municípios vizinhos que atuam em Niterói. Para que não tenham que se locomover para seus municípios de origem, “acampam” nas marquises da Avenida Amaral Peixoto, para estarem prontos para a “labuta diária” do dia seguinte. O que causa espécie, é que eles têm um verdadeiro aparato para dormir. Muitos têm colchões de casal, cobertores e até travesseiros. Acontece de tudo, até eventuais relações sexuais. É como se durante a noite, a cidade se transformasse num território sem dono e quem sabe, sem lei. Numa analise mais simples, tem que haver complacência ou mesmo permissão tácita. O pátio em questão é da Justiça. A  76ª Delegacia de Policia Civil está a uns cem metros de distância, existem viaturas da PM circulando no Centro; embora a questão seja de responsabilidade da secretaria de Ação Social da Prefeitura de Niterói. A pergunta é: onde são guardados, durante o dia, este colchões e utensílios? O povo é de rua, mas possuem uma “infraestrutura adequada às suas necessidades”.  E o fato é que dispõem de alguns recursos financeiros, visto que também encontramos muitos ambulantes que vendem comida, bebida e até óculos e bijuterias! Alguns disponibilizam mesas, cadeiras, cerveja gelada e com direito a iluminação e som. Naturalmente com ligações clandestinas... É como se fosse uma civilização paralela e oculta. Mas, existem e estão lá, para quem quiser ver. Se vêm do subsolo, não sabemos; não se trata nem Perseu, Ulisses, Dante ou Orfeu, mas representam um reino subterrâneo e obscuro. É só passar por lá por volta das onze horas e todos terão a certeza que está acontecendo um movimentado evento: a vivência festiva do povo subterrâneo. São os intraterrenos sociais.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo