Transgressões Oficiais

Não posso precisar se era um carro da Niterói Presente- Proeis, pois é tudo a mesma cara. Mas a verdade é que daqui de cima não dá para identificar bem. Mas, era um daqueles veículos brancos com teto laranja. Eram 12:15, de sexta feira, (14) deste, quando vi na contramão da Avenida Amaral Peixoto um gol se movimentando. Não diria que estavam atrás de bandidos, pois a calma era estratégica. Subiu a Avenida até chegar à Avenida Marques de Paraná. Virou naquele acesso, ao lado do Mergulhão. De cima vislumbrei o acidente, pois o carro que vinha em mão correta, desavisado e não estava em alta velocidade, mas era célere, se assustou e quase bateu. O carro da Polícia da Prefeitura teve que rapidamente subir na calçada para não colidir frontalmente. Por muito pouco não bateram de frente.

Esta é a questão: quem deveria dar exemplo, esnoba transgressões. Niterói Presente (Pouco importa a farda) não dá bons exemplos. Se bater vai alegar que estava correndo atrás de bandidos. Com isso, quem vem do outro lado, e não tem nada a ver com estes erros pontuais. Vai ter pagar os prejuízos, com as culpas e até com a vida. Quem tem que dar exemplo que se cuide. Estamos atentos.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo