Para Pensar


Na disputa pelo governo do Tocantins, onde o governador em exercício foi cassado, a senadora Kátia Abreu (PDT) até uma semana antes da eleição tinha a preferência dos eleitores e já se dava como certa a sua participação no segundo turno. A senadora Gleisi Hoffmann fez um vídeo declarando o apoio do presidiário Lula da Silva, para “elegê-la”. Os apoiadores da senadora tentaram esconder ao máximo o vídeo, mas viralizou na internet e a Kátia Abreu, (amiga da Dilma), saiu da preferência dos eleitores para um melancólico quarto lugar nas urnas. Já tem petista com as barbas de molho. Apoio de Lula só em outra encarnação.

Vida Teimosa

É espantoso, para não dizer divino, quando a vida teima em existir, apesar de todas as razões contrárias. Uma criança indígena, recém nascida foi completamente enterrada viva, e lá permaneceu por quase sete horas. Após denúncias de vizinhos que o bebê teria sido enterrado no quintal da casa, os policiais cavaram e resgataram a criança, que inexplicavelmente estava viva. Era uma menina e foi levada para o hospital mais próximo. A mãe e a avó, disseram que o bebê teria nascido morto, e como é um costume indígena, foi enterrado no quintal da casa. O bebê está sob tutela do Estado, mas, poderá ser devolvida a mãe após a liberação dos médicos.

Urna Final

Entretanto, os brasileiros viram a esperança de ter urnas eleitorais com impressão do voto ser sepultada. O STF decidiu pela continuidade das urnas atuais (venezuelanas), que são suspeitas de manipulação para fraudes e direcionamento de candidatos. Ou seja, vai ganhar quem tiver controle sobre a utilização dessas “engenhocas mutreteiras”. O pior é que fatos como esses sepultam a esperança dos brasileiros que ainda teima em existir. Mas, pelo visto, teimosinhas mesmo são as urnas, que insistem em continuar existindo.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo