Palavras em Movimento

É tempo de calar. Colar os olhos no que está ao redor enquanto vigorar a solidão. Entra uma nova semana e não há nada de novo a mostrar para aqueles que se tornaram distantes. O celular permanece desligado. Ouvir as mesmas músicas programadas no rádio. Procuro não julgar nesse momento a ausência criativa dos operadores da emissora. Espero sair dessa onda e entender novas formas de relacionamento que, certamente, irão florescer de toda situação. Estou vivo, aqui e agora, sentado na poltrona de frente do mar azul sem qualquer tipo de poluição. Ilusão remota. Quando tudo isso terminar seremos outros. Por enquanto, o que me resta é apreciar o louva-deus que tenta, inutilmente, entrar pela fresta da janela.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo