OAB Niterói e a Vereadora Benny Briolly (foto Benny Brioly)

A vereadora de Niterói Benny Briolly (PSOL), após receber ameaças de morte por e-mail decidiu para proteger-se, sair temporariamente do país. O presidente da OAB de Niterói, Claudio Vianna, e os diretores Ralph de Andrade e Hélio Considera, receberam no dia 18, na sede da entidade Gustavo Fagundes, representante do mandato da vereadora.

Após ouvir o relato das ameaças recebidas e as medidas protetivas adotadas, o presidente Claudio Vianna afirmou que a OAB de Niterói vai acompanhar proximamente o caso para que as ameaças sejam apuradas e medidas protetivas sejam exercidas integralmente; e a vereadora Benny Briolly possa exercer livremente o mandato para o qual foi eleita, isenta de qualquer preconceito homofóbico ou ideológico. Ficou decidido que a OAB Niterói irá reunir-se com o presidente da Câmara Municipal, Milton Cal, para colaborar na adoção de medidas de segurança e trabalhar conjuntamente pelos direitos da vereadora e defesa da democracia.