O Penoso Relatório dos Ônibus

A novela da Viação Pendotiba (Consócio Oceânico) em exigir que os motoristas e cobradores escrevam um relatório sobre cada passageiro idoso (com direito a gratuidade) que se apresente com a carteira de identidade continua criando dificuldades para todos. Sabemos que já existe uma denúncia no Ministério Público sobre o constrangimento imposto aos idosos, além de ser desqualificante para os funcionários (cobradores e motoristas) pela empresa considerar que existe a possibilidade de fraude, colocando estes trabalhadores em situação aviltante. Primeiro, é preciso entender, sem nenhum demérito que estes funcionários, via de regra possuem baixa escolaridade. O preenchimento deste relatório, além de atrasar a viagem (quando é feito por motoristas) é bastante penoso para os cobradores, pois têm ainda maior dificuldade que os motoristas. Sem querer menosprezar os cobradores flagrantemente possuem baixíssimos índice de escolaridade. Poderíamos dizer que a maioria é de analfabetos funcionais.


um idoso entrega o documento na mão de um desses cobradores, se vê a expressão de dificuldade. Eles olham para o documento como se fosse um enigma a ser decifrado. Não sabem, apesar da experiência continuada onde se lê a idade do idoso. Já enfrentei uma situação onde um deles pediu-me para ler os dados, alegando não estar “enxergando direito”. É de fato um constrangimento inútil e cruel, e para as duas partes. O Ministério Público precisa tomar uma atitude e acabar de vez com esta prática abusiva. Afinal, basta fazer como as demais empresas, que o documento é exposto na câmera, registrado e o portador liberado para passagem e o uso do transporte.

Olô senhores promotores, é tão simples acabar com este abuso. Vamos proteger os idosos e estes sacrificados funcionários do transporte público.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo