O Dragão, o Cavaleiro e a Grande Jornada

Não me lembro bem do dia em que morri. Até que deveria, pois foi assim que me tornei um herói e a busca por algo que me foi roubado começou...

Revelado em 2011, esse é o enredo base de “Dragon’s Dogma” um game ambientado em um cenário típico de fantasia medieval em um mix de ação e com o clássico RPG.

A aventura começa no dia em que a vila de Cassadis é atacada por um dragão. O alvo do ataque é seu personagem, que tem o coração arrancado pelo monstro, mas o que deveria causar sua morte faz com que este retorne como um herói. Seu objetivo é simples: eliminar o dragão que roubou seu coração. A sua jornada consiste em explorar um mundo cheio de missões, masmorras, aventuras e monstros para abater. É claro! Você pode escolher entre três classes para o seu guerreiro: Cavaleiro, Mago e Arqueiro, cada qual com suas características e habilidades.

Outro ponto positivo do game é que você não está sozinho e pode contar com três aliados, controlados pela Inteligência Artificial do jogo, mas que recebem ordens durante as batalhas.

E por falar nelas, as batalhas do game tem comandos simples para saltos, ataques fortes, fracos e arremessos, mas oferece opções avançadas que fazem a diferença entre a vida e a morte na hora de enfrentar monstros enormes ou bandos de criaturas malignas.Você pode imobilizar seu inimigo para que o resto do seu grupo acabe com ele, entre outras técnicas. Para tornar o mundo de “Dragon’s Dogma” mais interessante, seus habitantes seguem rotinas e não repetem a mesma frase o tempo todo, algo comum em RPGs. E as escolhas do personagem afetam seu relacionamento com os demais personagens, gerando assim finais diferentes para o game. Então, se prepare e lute para recuperar aquilo que lhe foi roubado, neste caso o seu coração.

Até a próxima.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo