Nossos Ônibus de Cada Dia

Quem precisa pegar um ônibus da linha 62, (Charitas a Santa Bárbara), sabe que em determinados horários vai ter que esperar, e muito. Passado o momento de pico, eles somem. Este é um dos poucos ônibus que passam pela Marquês de Paraná, até o fim dela. Em contrapartida, sobram os da linha 30, com ar condicionado e na maioria das vezes com poucos passageiros. Parece-me uma distorção clássica. Sobram ônibus de curto percurso e faltam os de maior.

Temos o custo de quilometro percorrido mais bem pago do país e não temos ao menos, a resposta das empresas de arcar com um pequeno ônus, (já que ganham demasiadamente) de por ônibus para rodar em horários de menor afluência de passageiros. Na verdade só se empenham na hora que dá muito lucro. Caiu o movimento, recolhem os carros ou param no fim de linha, deixando passageiros de “horários intermediários” sem transporte. No Rio de Janeiro, um ônibus percorre de Campo Grande ao Centro, 50 km e custa a mesma quantia dos ônibus de Niterói, que vão de Icaraí ao Centro, percorrendo pouco mais de um quilometro. Deveriam por a mão na consciência. Aqui é a cidade que mais dá lucro em transporte. Por que não colocar ônibus equilibradamente em todos os horário? Assim é mole: todo mundo quer mamãe, mas para o papai, oooÓ!!!

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo