MMA a Nova Mania Mundial

As lutas marciais sempre tiveram a atenção de um público relativamente grande, mas eram apresentadas isoladamente, o que dividia os públicos em grupos de preferência. Assistir a combates humanos é uma prática comum desde a antiguidade, ganhando grande projeção na Roma Antiga com seus famosos gladiadores.

O Brasil vem ao longo dos últimos 60 anos desenvolvendo técnicas e adeptos, especialmente no Box Inglês, que tem na Bahia, em Salvador, sua melhor escola, produzindo campeões, a exemplo do Acelino Pereira, o Popó, e no Rio de Janiero, o Jiu-Jítsu, da família Greice e o Marcos Ruas (SP), que criaram um estilo brasileiro, superando o japonês, que é a origem da modalidade. Em Niterói existem algumas academias, mas de maior fama é a do Ricardo Arona, que já venceu inúmeros títulos e goza de fama internacional.

Atualmente a grande febre mundial é o MMA (Mixed Martial Arts, em português, Artes Marciais Mistas), desenvolvida no UFC - Ultimate Fighting Championship, que é uma organização de artes marciais mistas de origem Brasileira atualmente comandada pela Zuffa Entertainment e presidido pelo estadunidense Dana White

Já chegamos a deter concomitantemente três títulos: O paranaense Anderson Silva, o Spider, na categoria meio médio, O Shogum, na categoria meio pesado, (que tomou o título de outro brasileiro, Lyoto Machida), e o José Aldo na categoria peso pena. Hoje não basta ser bom numa única modalidade de luta. Tem que ser bom num conjunto de muitas.

Até então, somente a Rede TV apresentava, aos sábados, competições do UFC em TV aberta (o canal 39 de Esportes transmite as lutas em circuito fechado). Devido ao grande sucesso do evento do UFC Rio, no mês de  passado, a Rede Globo se interessou pela transmissão destes eventos. A Rede Globo e o Ultimate Fighting Championship (UFC) anunciam um acordo de transmissão exclusiva da programação do UFC. A emissora terá exclusividade para exibir ao vivo todos os eventos do UFC no Brasil e três no exterior, além da primeira edição brasileira do reality show The Ultimate Fighter (TUF).

A primeira transmissão que marcará o acordo será a esperada luta entre o campeão peso-pesado (acima de 93 kg) Cain Velásquez contra o brasileiro Junior “Cigano” dos Santos, marcada para o dia 12 de novembro, em Anaheim, na Califórnia. A Globo também vai transmitir todos os eventos UFC no Brasil e outros programas do UFC ao redor do mundo.

 A luta vai ser boa e é uma das mais esperadas dos últimos tempos. São dois atletas da melhor qualidade e o brasileiro Junior Cigano, nunca perdeu. Chega a uma disputa de cinturão mundial com um cartel invicto. Caim Velásquez, que venceu o “urso” Brock Lesnar, é uma “pedreira” a ser vencida. A disputa promete um espetáculo entre os dois maiores da atualidade dentro da categoria.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo