Incompatíveis Realidades com a TIM

Para fazer um plano de telefonia celular que fosse mais barato e com mais vantagens, convenci meu marido e filhos a migrarem para uma única operadora; e fiquei sendo a titular das cinco linhas contratadas. Migramos para TIM, e não imaginávamos que iríamos ter tantos problemas. Para começar, e de forma inconcebível, a TIM praticamente não tem sinal na Rua da Conceição, a segunda mais importante artéria do Centro da cidade. É intermitente e não dá sinal em 95% do tempo. E quando dá, cai a ligação no meio, picota o som... E o pior, é que onde moro no Bairro Peixoto, na Região Oceânica, onde o sinal é zero. Não liga e nem recebe nada. E olha que este bairro é um dos melhores entre os de classe média alta. Nunca que as contas chegam a tempo hábil para pagá-las. Tenho que correr atrás de algo que é obrigação deles.

Esta semana veio o pior. Suspenderam os meus serviços. Nem telefone e nem internet. Liguei para reclamar e me disseram que eu não havia pagado a conta que venceu no Natal passado. Respondi que não e enviei a conta paga. Aí, depois de mais de 24 horas de apelações e desencontros, disseram que a conta que eu paguei era uma duplicidade do mês de novembro. Questionei como: no mês passado, como não mandaram a fatura, liguei para TIM e fui orientado a ir numa Casa Lotérica da Caixa Econômica, dizer o número do telefone que eles identificariam a conta e a receberiam. Assim fiz. A questão foi um engano da Lotérica, que nem sei como isso acontece, cobrou a conta anterior. Ainda assim, a TIM não me notificou dizendo o ocorrido e principalmente que eu teria um crédito em igual valor ao que acusavam estar “em aberto”... Nada fizeram, deixaram o tempo passar e suspenderam meus serviços por estar “inadimplente”, ainda que com crédito de igual valor. Quando afinal, alguém de dentro da operadora me informou essa estória. perguntei se não dava para converter o crédito em pagamento e resolveria a situação. Disseram que não e que somente em fevereiro fariam um crédito para mim na cobrança da conta. E que eu deveria pagar novamente. Ou seja: ficar com meu dinheiro pode, e usando à vontade, mas, me penalizar como inadimplente por erros deles, aí eles acham correto. Essa prática é escandalosa e ilegal.

E além de tudo, não restabeleceram o serviço, apesar de todos os apelos. Esperam aparecer o pagamento na conta deles (em72 horas) para então devolver aquilo que me deviam. Isso é caso de polícia.

Fiquei num hospital, muito mal de saúde, e sem comunicação, num momento de buscar ajuda de médicos e parentes, o que era mais importante. Fui lesada moralmente, deixei de encontrar os profissionais que queria e ainda amarguei maus tratos, no descaso dos atendentes da TIM.

Isso não é uma empresa. É uma organização criminosa. Praticam todo tipo de delito, sem a punição equivalente. Resta-me alertar as pessoas, pois além de tudo, para desistirmos deste “contrato infame”, ainda querem cobrar multa de fidelidade! Fidelidade de que? Dos seguidos maus tratos e humilhações?

Lugar de bandidos é na cadeia!

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo