Difamações como Arma

Os fracos de espírito, tentam camuflar suas fraquezas e desvios de caráter, usando a difamação como forma reação ao combate que lhes é dado. Sei que incomodamos muita gente: alguns porque denunciamos a ganância sem precedentes, e querem ganhar rios dinheiro sem o menor pudor ou respeito ao coletivo). Querem suplantar com despudor e sem condescendência o direito coletivo ( jamais o direito individual poderá suplantar o direito coletivo). Entretanto, quando questionamos um  mínimo da falta de ordem, recebemos uma revoada de agressões,  como pássaros podres a cuspir infâmias. Aos enganadores e desordeiros sociais dou a eles o combate que a minha repugnância (por eles) me permite ou como Deus é servido. Eles reagem com perfídias, mentiras descabidas, que repetem como ladainhas de carpideiras na esperança de que se tornem verdades.  Difamam-me e não se apresentam. São frouxos e conspiram na sombra.  Até aí, deixo que a minha vida sem máculas responda com a minha indiferença a estes faladores desprovidos de certezas. Apenas me preocupa, quando não conseguindo me abalar, atacam meus filhos e ameaçam minha família.  Tolerarei as infâmias descabidas, as calúnias pobres de tudo e o ódio destes covardes. Por que são covardes! Mas, ainda mais covardes são aqueles que ameaça-nos por telefone, que insinuam que sofreremos ciladas e desastres. Digo que não os temo e peço que se apresentem para engolirem todas as infâmias, que serão acompanhadas dos seus próprios dentes. Apareçam!

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo