Consoles do Futuro

Uma declaração bem curiosa de David Wang, vice-presidente sênior de engenharia do Radeon Technologies Group, levantou mais uma pista sobre as reais capacidades do PlayStation 5 e movimentou a internet, - mesmo que o projeto seja mantido em total sigilo pela Sony.

Uma das poucas confirmações que saíram até o momento é que o PS5 contará com a presença de um poderoso hardware AMD, mas ainda sem informar qual seria. Em um evento do Financial Analyst Day (Dia do Analista Financeiro), Wang fez uma declaração inesperada sobre a presença de hardware RDNA 2 na nova geração:

Segundo David: “Desenvolvemos uma nova arquitetura de Ray Tracing acelerado por hardware como parte do RDNA 2. É uma arquitetura comum usada nos consoles de jogos da próxima geração. Com isso, você simplificará bastante o desenvolvimento de conteúdo — os desenvolvedores podem criar em uma plataforma e portá-lo facilmente para a outra plataforma. Isso definitivamente ajudará a acelerar a adoção [do Ray Tracing].”

O que deixou a comunidade gamer muito intrigada com a declaração foi o uso de plural e a destacada versatilidade para o desenvolvimento de Ray Tracing, algo que permitiria portar recursos facilmente para outro console. Embora ele não tenha dado detalhes, a chance de termos hardware com RDNA 2 tanto no Xbox Series X (que já foi confirmado), quanto no PlayStation 5, é bem maior.


Além de tudo isso, a portabilidade de Ray Tracing só se torna útil se jogos forem desenvolvidos para ambas as plataformas, agilizando significativamente o trabalho das equipes de desenvolvimento. O que serve como mais uma pista para o que podemos esperar pela Sony.

Ainda assim, não podemos desconsiderar que Wang possa estar falando sobre outro console. A Microsoft já confirmou que o Xbox Series X não será o único console Xbox para a próxima geração. Portanto, a fala do vice-presidente pode ter sido motivada por conversas com a gigante de Redmond para a criação de mais plataformas.

Se confirmado, ambos os consoles tenderão a “perder” seus maiores diferenciais que são os jogos exclusivos, visto que a adaptabilidade seria facilitada tecnologicamente, deixando apenas os efeitos contratuais como delimitadores da oferta exclusiva de games.

Até o momento, o hardware do PlayStation 5 é mantido em segredo; contudo, sabe-se que será capaz de renderizar gráficos com Ray Tracing e que contará com SSD.

O lançamento é aguardado para as festas de fim de ano.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo