Confundindo as Bolas


Não posso acreditar que a fala do ministro da Fazenda foi um equivoco simplesmente. Ainda que não soubesse que a reunião estivesse sendo transmitida, já seria uma incoerência, considerando a sabedoria do Paulo Guedes. Ele não é de cometer erros primários como este. Acusar a China de fabricar o corona vírus e fazer uma vacina menos eficiente que a da Pfizer...

Aquilo ali tem um propósito. Não sei qual é, mas tem endereço certo.

Ou está preparando o campo para entrada da Pfizer numa parceria milionária, ou tem outros interesses com o governo americano. Os Estados Unidos, depois do Bolsonaro não reconhecer a vitória nas eleições do Biden, ficou de costas para o Brasil; basta ver os esforços ajudando a Índia quando se agravou a pandemia por lá. Aqui morreu e morre gente todo dia e ajuda que é bom, nada.

Pode ser que agora, num plano de aproximação e alinhamento (tardio), onde Guedes faz acusações à China (maior parceiro brasileiro na pandemia), acenando desesperado para a America do Norte, na esperança de um perdão pelos erros seguidos em relação aos americanos, pode ser... De cuia na mão.