Champagne!

Começarei uma dieta, conseguirei um novo emprego, farei uma pós-graduação, me matricularei num curso de línguas, viajarei para aquele tão sonhado lugar, encontrarei meu grande amor! 2012 promete, né?  Nossa, quantas resoluções! Como se nos permitíssemos tentar novamente ser felizes - ou mais felizes. É como virar uma página e ter a chance de recomeçar, passando uma "pseudo borracha" no passado. É aprender com o que deu errado e se permitir fazer diferente. São mais 365 dias repletos de possibilidades, aventuras, dilemas, sorrisos, decepções, decisões, tristezas, mas, principalmente, esperanças! É a fé que nos permite acreditar que, diferentemente do que ocorre com a Cinderela, depois da meia noite, tudo vai melhorar!

E é nesse espírito de final de ano, repleto de esperança, que o diretor Garry Marshall filmou a "Noite de Ano Novo" ("New Year's Eve", no original). Trata-se da seqüência de "Idas e Vindas do Amor" ("Valentine's Day", no original), comédia romântica que reuniu vários nomes do cinema e arrecadou US$ 213 milhões. A fórmula é a mesma do filme anterior: muitas estrelas, num filme bem editado, com trilha sonora leve e alto astral soando em um cenário perfeito: Nova Iorque! Marshall, mais do que ninguém, conhece o ritmo deste estilo de longa que é, de fato, sua especialidade. Ele dirigiu "Uma Linda Mulher" ("Pretty Woman", no original), "Noiva em fuga" ("Runaway Bride", no original) e o "O diário da princesa" ("The Princess Diaries", no original).

Em "Noite de Ano Novo", Marshall escalou um elenco eclético, que vai dos "Oscarizados" Robert De Niro ("Taxi Driver" e "O Bom Pastor") e Hilary Swank ("Meninos Não Choram" e "Menina de Ouro"), aos lindos e charmosos Ashton Kutcher ("Recém-Casados" e "Jogo de Amor em Las Vegas") e  Zac Efron ("High School Musical" e "Hairspray"). No longa, diversas histórias se interligam e é possível acompanhar as últimas horas do ano de 2011 em realidades completamente diferentes. A sensação é de ver pequenos curtas-metragens reunidos. Em alguns momentos, o filme prende nossa atenção na tentativa de "descobrir" quais casais irão se formar, quais encontros irão acontecer, quais brincadeiras o destino irá fazer com cada personagem. Tudo de forma muito sutil e divertida.

É bacana observar como cada personagem tem um desejo diferente para o ano que chega. Saúde, união, amor, sucesso, diversão. É o tipo de filme perfeito para levantar o astral e sair do cinema renovado. Não há originalidade, nem lições de moral. Não há tristeza, nem devaneios. É um típico blockbuster de domingo, que nos faz sorrir e renovar as esperanças para o ano que chega.

Destaque para a modelo e atriz colombiana Sofía Vergara, que consegue roubar a cena Katherine Heigl ("Vestida para Casar" e "Ligeiramente Grávidos"), o que, diga-se de passagem, é bastante difícil. Sofía atualmente faz o papel de Glória na série "Família Moderna" ("Modern Family", no original) produzida pela FOX.  E uma observação um tanto quanto "triste": há uma Michelle Pfeiffer ("O feitiço de Áquila" e "Íntimo & Pessoal") completamente perdida no filme. A sua tentativa de fazer graça fica forçada e nem um pouco natural. Ela é salva por um Zac Efron - por incrível que pareça! - bastante solto e leve em seu papel.

Eu, particularmente falando, espero que 2012 me traga bons filmes. Ao contrário do que muitos pensam, eu não gosto de ser severa e fazer criticas negativas. Muito pelo contrário. É tão bom fazer ótimos comentários, elogios, enfim, exaltar boas produções, ótimos atores e maravilhosos diretores. Então, peço aos Céus que, em 2012, muitos longas indefectíveis me levem ao cinema e que eu tenha o enorme prazer de contá-los e sugeri-los.

Um ótimo Ano Novo para todos nós!

E que ele venha repleto de bênçãos, saúde e amor! Amém!

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo