Amazon Cabeleireira

A Amazon anunciou no último (20) a abertura de um salão de cabeleireiro em Londres, no Reino Unido, uma loja experimental da empresa que utiliza a tecnologia de realidade aumentada (AR, na sigla em inglês) para mostrar uma prévia de coloração no cabelo.


Através de um tablet montado em uma parede que utiliza câmera frontal para mostrar aos clientes os resultados em diferentes cores. Além disso, a loja também irá testar uma tecnologia de "apontar e aprender", na qual as pessoas poderão indicar um produto em que estão interessados para "saber mais informações e opções de compra".


O acesso ao salão inicialmente ficará restrito para funcionários da empresa, mas outros clientes terão a entrada liberada "nas próximas semanas", segundo um comunicado.

A Amazon declarou que o empreendimento é “experimental” em seu blog oficial e acrescenta que daqui algumas semanas o público também poderá fazer reservas. A ideia é testar novos produtos e tecnologias, incluindo uma realidade aumentada que permite os clientes a visualizar estilos de cabelo antes de decidir qual corte aderir. No empreendimento não há planos de expansão para outras regiões.

O Amazon Salon vai ocupar em torno de 139 metros quadrados e dois andares num dos edifícios da Brushfield Street, contando com Elena Lavagni como responsável pelos serviços. Além da realidade aumentada, as estantes contarão com códigos QR ligados aos produtos exibidos para permitir que o público obtenha mais rapidamente os produtos de interesse, incluindo a entrega em casa dos itens selecionados e adquiridos.