Agora “Deu Ruim”!

Escrevo esse artigo sob a notícia do primeiro caso de transmissão do vírus no território nacional (do passageiro que veio da Itália para outra pessoa no Brasil). É o segundo artigo sobre o tema coronavírus e prometo não ser tão cansativo ou longo.

Todos nós precisamos lembrar que o coronavírus vai de fato se estabelecer em território nacional. Ou você, caro leitor, estava achando que a terra brasilis ficaria imune?

Ora, esse vírus é mais fácil de propagar que muitos outros.

O “evitar”, nesse caso, é algo muito difícil. Mas, tem como você garantir que seja contaminado um pouco mais tarde, quando talvez haja alguma vacina sendo distribuída.

Lavar as mãos constantemente, usar máscara, não esfregar os olhos, não roer unhas e não dar “dois beijinhos” ao encontrar alguém pode ajudar.

O problema é que o coronavírus vem acompanhado com um “kit de maldade”, ou seja, vem trazendo gravíssimos problemas econômicos. Viagens começarão a sair da agenda do brasileiro, assim como, as grandes concentrações de pessoas, como jogos de futebol, por exemplo.

Como deixar de assistir aos jogos do Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco no Maraca? Vai ser triste.

Nos transportes públicos, escolas, universidades e fóruns, o negócio vai ser rezar. E muito. Como fazer? Suspender as aulas... E o seu emprego?

E as fábricas?

Bolsas no mundo todo estão em queda, junto com a atividade econômica.

Não vai adiantar muito entrar em pânico. Para a maioria, o vírus será uma doença que exige cuidados de verdade. Mas para os idosos o problema vai ser complicado. Li que está em 14,5% o índice de óbitos entre os idosos.

Preventivamente, irei tomar vitaminas diariamente. O resto é aguardar, pacificamente.

Algum país está preparado para o coronavírus? Não. Nenhum país está preparado porque, simplesmente, não há o que fazer. Somente tentar combater os efeitos da febre, tosse... Não há medicamento efetivo, como havia o Tamiflu no combate ao H1N1.

Você consegue imaginar o nosso SUS tratando os milhares e milhares de infectados?

Consegue imaginar a UPA completamente lotada e com todos tossindo e espirrando vírus?

Consegue imaginar as enclausuradas emergências do Hospital Icaraí, HCN ou Santa Martha completamente lotadas e servindo de criadouros de novos vírus?

Nem sei o que pensar porque para construir um daqueles o brasileiro vai demorar cinco anos (e se não abandonar a obra no meio).

Acho que estamos diante de uma verdadeira correria dos laboratórios para encontrar um antídoto efetivo contra o coronavírus. Não leio nada sobre testes em humanos ou o encontro de alguma nova substância efetiva. A internet está meio silenciosa sobre este quesito.

Enquanto isso, a imprensa tradicional continua com o seu grande problema: embate entre Bolsonaro e o Congresso. Claro que os grandes jornais estão apoiando o Congresso. Acredite. O ódio também move montanhas... De dinheiro, é claro!

Nosso congresso está se lixando para a nossa saúde e bem estar.

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo