A Censura na Internet

Não há como negar que a Internet contém muitos materiais que pais preferem que seus filhos não vejam. Quer se trate de pornografia, retórica preconceituosa, salas de chat ou sites de jogos, muitos pais se preocupam com a exposição de seus filhos a conteúdo negativo ou mesmo perigoso.

Embora alguns oponentes da censura possam sentir que a supervisão paterna é a melhor maneira de manter as crianças seguras na Internet, muitos pais apontam que é difícil fiscalizar o acesso de uma criança à Internet o tempo todo.  Muitos recorrem a soluções de software e hardware para esse problema. Eles podem adquirir programas de filtragem da Internet como o Net Nanny ou o Cyber sitter, para bloquear o acesso a sites de Internet indesejados. Esses programas geralmente oferecem um conjunto de opções que os pais podem selecionar para limitar os sites a que seus filhos têm acesso. As opções determinam que filtros o programa deve ativar. O Cybersitter, por exemplo, tem 35 categorias de filtragem, entre as quais pornografia e sites de redes sociais .

A maior parte dos filtros de Web emprega duas técnicas principais de bloqueio de conteúdo: listas negras e bloqueio de termos de busca. Uma lista negra é uma relação de sites que os criadores do filtro de Web consideram indesejáveis. As listas negras mudam com o passar do tempo e a maior parte das empresas faz a atualização das listas a custo zero. Qualquer tentativa de visitar um site que conste na lista negra será bloqueada. Com o bloqueio de termos de busca, o serviço vasculha cada página de Web que o usuário tente visitar, em busca de certos termos. O programa analisa a página e, se determinar que ela é pouco apropriada, bloqueia a visita.

Outra opção para os pais é instalar um firewall. Um firewall de computador oferece proteção contra conteúdo perigoso ou indesejado. Os firewalls podem vir em forma de hardware ou software. Agem como barreira entre a Internet e sua rede de computador. Permitem apenas a passagem de conteúdo seguro, e mantêm todo o resto de fora. Os firewalls requerem um pouco mais de envolvimento do administrador da rede (no caso um pai) do que o software de filtragem. Os pais que conhecem bem tecnologia podem não ter problemas para instalar e manter um firewall. Outros preferem utilizar filtros de Web, que fazem a maior parte do trabalho por eles.

Você já tentou acesso a um determinado site em seu local de trabalho e recebeu uma mensagem ameaçadora? Algumas empresas limitam a espécie de site que seus funcionários podem visitar.

Entretanto, a melhor de todas as proteções é a atenção redobrada e manter o dialógo abertoentre pais e filho. Apesar das tentações as crianças são capazes de reconhecer que certas situações são perigosas, desde que explicadas sem provocar aquela curiosidade que provoca emoções mais fortes. No mais é estar atento. Afinal, filhos requerem atenção em todas as circunstâncias.

 Até Mais!

Rua Cônsul Francisco Cruz, 3 - Centro - Niterói/RJ

2019 | Design By Stilo